domingo, setembro 11, 2005

Inaugurações para quê?



Inaugurar - do Latim inaugurare.
consagrar com cerimónia oficial, solene;
expor pela primeira vez ao público;
iniciar, estrear.
----------------------------------------------
Dada a definição da palavra, e no caso que trago agora à liça, o novo Mercado de Alcantarilha, é mais um mau exemplo, porque incompleto, do uso deste vocábulo, tão frequente em vésperas de eleições. Apesar de não duvidar que em Maio deste ano houve consagração oficial, solene, tão ao gosto da nossa presidente, se é quase certo também que na mesma altura foi exposto (pelo menos o que se podia expor) ao público (ou aos fotógrafos e outros que o expuseram ao público), já quanto ao início ou estreia do seu funcionamento, aquilo que realmente importa a todos, o acto foi inconsequente. Continua fechado! Numa terra que possui um mercado mais que insalubre, para não usar um termo mais forte, encostado a um monumento classificado que também necessita melhor tratamento e companhia (as velhas muralhas de Alcantarilha), enfim, numa terra cuja Junta de Freguesia até é do PS mas que na Assembleia Municipal não consta ter colocado este problema, brada aos céus que um equipamento totalmente novo continue fechado após 4 meses! Será dos que têm direito a duas solenes inaugurações?

2 comentários:

manuel castelo ramos disse...

Comentários anónimos, não obrigado. Usem "other", por favor, ou assinem o comentário. Censurei o comentário anterior e censurarei todos os que se apresentarem como anónimos...

Marco disse...

De facto o actual mercado de Alcantarilha não possui quaisquer condições de funcionamento. Se o Manuel me permite vou aqui deixar um link para um artigo sobre as muralhas do Antigo Castelo de Alcantarilha: http://cilpes.blogspot.com/2005/06/um-castelo-quase-desconhecido.html