segunda-feira, outubro 03, 2005

A Feira de Silves

Feira de Silves, óleo sobre cartão de Samora Barros (reprodução parcial), s/d
A Feira anual de Silves, mais conhecida por Feira de Todos-os-Santos, é de bem antiga tradição. É um espaço de memória colectiva para muitos ( Local & Blogal). Nos seus bons tempos era uma das mais afamadas e concorridas feiras algarvias. Foi perdendo muita da sua genuinidade e importância nos últimos tempos. Agora, a pouco menos de um mês da sua regular e, que eu saiba, ininterrupta realização centenária, todos nós - e mais ainda os feirantes- perguntamos: Vai haver Feira de Silves este ano? Onde? É que mercado mensal há mais de um mês que não se vê!
Pode não parecer, mas tudo isto é cultura, tudo isto é património...

3 comentários:

Anónimo disse...

Não parece que vá existir, pelo menos no mesmo sítio.
Mas o que é certo é que aquele sítio era totalmente desadequado para aquela feira. Compare-se com o que sucede em Portimão.
Daqui que não me faça impressão que desapareça nos moldes em que era feita. O que cumpre saber é se valerá a pena investimento para criar condições para a sua realização noutro local, ou se tal despesa acabará por servir para desviar verbas para outras actividades com maior interesse (ao que me parece - posso estar enganado - é que, salvo os divertimentos (que deveriam ser melhor fiscalizados em termos de segurança) as pessoas têm vindo a diminuir o interesse pela feira, face (e aqui refiro-me principalmente à roupa) à existência de hipermercados onde podem adquirir os mesmos bens por preços idênticos ou mesmo inferiores.
As feiras estão a morrer, por mais que nos custe.

Joaquim Soares

Antonio disse...

Obrigado pela partilha das minhas memórias com os teus leitores.

manuel castelo ramos disse...

Concordo com o que foi dito no primeiro comentário, mas lembro também que, mesmo estando as feiras a morrer, ainda há bem vivas muitas famílias que delas dependem.