sábado, outubro 01, 2005

Atenção, ainda há quem viva no 24 de Abril !


Um dos vários cartazes da CDU vandalizados por aí.



São riscos e rabiscos, são bocas anónimas, cobardes, de quem não tem, nem suficiente coragem para as assinar, nem sabe que neste país há liberdade de expressão, mas só para quem assume as responsabilidades do que diz. Por isso dou adiante publicidade a esses dois pobres e insultuosos comentários (há falta de melhores argumentos usa-se a matraca do insulto..) por falarem eles próprios sobre quem os escreve. São os mesmos que hoje fotografei a arrancar autocolantes da campanha CDU.
Aqui vão as duas peças de pura literatura política e argumentação séria para com os meus críticos e fundamentados artigos:
"Vocês vão ser arrasados por isso pouco piu."
e ainda,
"É só dor de corno... vão perdeeeeeeerrrrrrrrrrrrrrrrrrr!"
Está tudo dito, não está?!

6 comentários:

Anónimo disse...

Realmente é uma afronta os desenhos que fizeram em cima do camarada candidato.

O bigode ainda vá - bigodes há muitos!

A cruz suástica também... enfim... nada tem de mal, pois que é possível estar associada aos índios Hopi, astecas, celtas, budistas, gregos, hindus (suástica vem do sânscrito e significa estar bem)...
(Sempre certo sendo que a suástica desenhada no cartaz nem sequer é a utilizada por Hitler - os 'bracitos' estão ao contrário...).

Agora o que dói mesmo é o desenho da mltinacional capitalista-exploradora-do-povo Nike!

Como se atreveram a colocar aquele desenho na camisa do candidato-camarada!????

É para isto que há liberdade!?

manuel castelo ramos disse...

Não, não me parece que seja para isto que haja liberdade. Há liberdade é para que as pessoas tenham a ombridade e a coragem para assumir (assinar)as suas manifestações, sejam elas rabiscos num cartaz ou comentários num blogue.

Anónimo disse...

Humm, estou vendo que não gosta que não me identifique.

Pois o não se identificar num blogue nada tem de especial, não é qualquer forma de tortuosa de pretender afastar a responsabilidade do que escrevo.

Aliás, estou certo que assim entenderia caso não tivesse feito um comentário humorístico acerca do seu post (pronto! humoristico para mim... para si não o será).

Mas, já agora, como sabe, poderia criar qualquer conta com um nome... sei lá... manuel hipólito. Assim, muito embora não me chame manuel, nem hipólito, já deixaria de ser anónimo?

E se o nome 'Manuel Hipólito' aparecesse debaixo dos tais rabiscos no cartaz, já ficaria satisfeito?

Homem, deixe de ser tão sério. Principalmente, deixe de se levar tão a sério!

Mas, voltando ao caso dos rabiscos no cartaz:

O seu post sugere que terá sido autor dos mesmos alguma força política oposta à sua.
Ora, com um símbolo da 'Nike' na camisa de um dos candidatos (do que chamei camarada-candidato... não se zangue...) óbvio que é coisa de puto.
(Pronto... admito que algum puto doutro partido).

Daqui que não tenha sido senão uma outra manifestação dos comportamentos a que vimos assistindo nesta e noutras cidades, em que tudo se mostra 'grafitado'.

Quanto a esta matéria a Câmara tem responsabilidades - é sabido que uma forma de combater esta actividade é, de imediato, eliminar aqueles 'grafittis', pintando as paredes em que foram feitos.

Mas também é sinal de falta de educação.
E então pergunta-se a todos (incluindo o autor do blogue):
Já falaram com os vossos filhos acerca desta "actividade"? Já lhes explicaram que quem faz estas coisas apenas pretende chamar sobre si a atenção? E que o chamar sobre si a atenção é resultado da falta de atenção que é dispensada noutras áreas?

Fazer alarde destas actividades é admissível.
Mas, ó autor do blogue, querer reconduzir tudo a lutas políticas, a violações de liberdade, etc., é extremamente redutor.


(Assim como é redutor e fica mal a um democrata sério não aceitar o comentário de uma qualquer pessoa, justificando essa falta de aceitação ao mero facto de tal pessoa não se apresentar com um nome qualquer... mesmo que inventado...

Abraços
Joaquim Soares

(ai... será que, com este apelido, serei da família da outra?...)

manuel castelo ramos disse...

A resposta ao seu comentário é dada no artigo sob o título "Há campanhas e campanhas...".

Anónimo disse...

Será que não há mais nada para fazer. Há tantas crianças e adolescentes que precisam de ser ensinados e educados. A escola ( professores, alunos, auxiliares e outros colaboradores ), precisa de ser um local onde as nossas crianças aprendam a ser pessoas integras, honestas, humildes e amigas. São estas crianças as pessoas do amanhã. Com isto apenos quero dizer, que os professores, como educadores que são, também têm um papel muito importante na formação dos nossos homens e mulheres de amanhã. E isto realmente é é uma vergonha. Sr. professor ensine e não difame. Trabalhe causas nobres e não mesquenhices

manuel castelo ramos disse...

Se isto são «mesquenhices», fica tudo dito. Quanto às crianças serem ensinadas a serm pessoas íntegras e de carácter, responsáveis pelas suas opiniões e actos, essa é uma das primeiras lições que sempre dou. Mas sabe, nem sempre se tornam adultos com estas virtudes, capazes de dar a cara pelo que dizem, senhor Anónimo.