terça-feira, abril 04, 2006

Um pedacinho de passado que desaparece...


Com a demolição do edifício da velha Escola Industrial na Cândido dos Reis (Silves) é um pouco da nossa história que se apaga. É também uma rua que cada vez mais se descaracteriza, face ao imparável camartelo. Quando não existe autorização para demolir, o que era o caso, sempre há formas de o fazer. Tal como acontecera com a "casa do lampião", vai-se progressivamente enfraquecendo a estrutura, ao ponto de qualquer factor adicional e de preferência externo (chuvas abundantes, construções ou demolições anexas) pôr em causa a segurança e os pruridos conservacionistas dos mais renitentes. No caso presente, não aconteceu uma tragédia por mero acaso. Irão agora reconstruir a fachada, mas nunca será o mesmo, pois nem as cantarias originais souberam, ou quiseram, preservar.
Tantas histórias guardava este edifício por contar!

2 comentários:

melchom disse...

esta nossa triste sina ... meu amigo!!!!
até quando?

Marco disse...

E é assim que a nossa autarquia luta pela defesa do seu património histórico-cultural. Estas acções entristecem-me e muito. Será que os motivos de interesse histórico da cidade apenas se encontram do Largo do Município para cima? O restante casario não interessa? Foi com muita pena que após uns belos dias sem ir a Silves me deparei hoje com essa Vergonhosa demolição.