quinta-feira, outubro 23, 2008

A Vingança é um prato que se come frio...a dois!

Dois anos exactos sobre o seu primeiro romance, "Traição na Trilha do Ouro", também conhecido por "Traição como ela é", eis que o mesmo autor nos brinda com notável papel no filme "A Vingança é um prato que se come frio...a dois!" de um conhecido realizador da nossa praça.
Sinopse: Os habituais longos diálogos em voz-off do realizador/comentador, com superlativa adjectivação, largos planos de enquadramento do protagonista, alguma publicidade pro-bono menos subliminar, uma insistente vontade em relançar assuntos antes proibidos no ideário deste surpreendente realizador, enfim, a perfeita receita para esta obra que, historicamente, inaugura uma nova fase no seu trabalho em Silves.

Veja aqui o longo trailer.

6 comentários:

Anónimo disse...

Excelente :)))

Anónimo disse...

Finalmente !

ÓSCARES Vão chegar a SILVES

"A Vingança é um prato que se come frio...a dois"

Melhor Filme
Melhor Actor Principal
Melhor Actriz Principal
Melhor filme algarvio
Melhor Argumento Adaptado
Melhor Direcção Artística
Melhor Montagem
Melhores Efeitos Sonoros
( sonoras gargalhadas)

Espectador

Manuel Ramos disse...

Ao Manuel Damião: peço-lhe desculpa, mas entendi não publicar o seu comentário.

Manuel Damião disse...

Tinha a certeza que não publicaria o comentário. O que revela grandeza.

Manuel Ramos disse...

Obrigado. Ainda bem que compreende.

Tânia Mealha disse...

Vingança?! Ouvi alguém dizer na televisão há bem pouco tempo, dizia que era psicólogo, que a vingança se prende com o desejo de ver reparado um dano que se pensa e se sente ter sofrido.
Hummm...
Não posso deixar de colocar a questão, mesmo que seja retórica: quem, além da população do concelho, pensa e sente que sofreu (e quiçá, ainda sofre) um dano?!

Há certos filmes que aparentemente não têm sentido, e/ou propósito algum. Fazem lembrar filmes do Tarantino, aqueles assim mais rebuscados, como o "Á prova de morte". Mas, vá-se lá colocar questões à natureza humana... pode ser que as respostas façam sentido, se as questões forem as correctas. Assim como algumas entrevistas!